Páginas

domingo, 6 de junho de 2010

A Partida


Dei ordem para irem buscar o meu cavalo ao estábulo. O criado não me compreendeu. Fui eu mesmo ao estábulo, ensilhei o cavalo e montei. Ao longe ouvi o som de uma trombeta, perguntei o que significava aquilo. Ele de nada sabia, não ouvira nada.
No portão deteve-me, para me perguntar:
- Para onde cavalga o senhor?
- Não o sei - respondi. Apenas quero ir-me daqui, somente ir-me daqui. Partir sempre, sair daqui, apenas assim posso alcançar minha meta.
- Conheces então, tua meta? - perguntou ele.
- Sim - respondi eu. Já disse. Sair daqui: esta é minha meta.  

Franz Kafka

Nenhum comentário:

Postar um comentário