Páginas

quinta-feira, 22 de julho de 2010

A maior flor do mundo


Num compartimento para coisas pequenas também há espaço para "A maior flor do mundo", o único conto infantil que José Saramago escreveu. 

Nele, o autor/narrador diz: "As histórias para crianças devem ser escritas com palavras muito simples, porque as crianças sentem pequenas, sabem poucas palavras e não gostam de usá-las complicadas. Quem me dera saber escrever essas histórias, mas nunca fui capaz de aprender, e tenho pena. Se eu tivesse aquelas qualidades todas poderia contar, com pormenores, uma linda história que um dia inventei." E assim, o autor narra, como se fosse verdade, a história do menino que regou uma flor que fora plantada num terreno inóspito e, com aquele ato de generosidade, fez com que ela ressurgisse imensa e bela, dando sombra como se fosse uma gigantesca árvore. 

E com simplicidade comovente o narrador conclui: "Este era o conto que eu queria contar. Tenho muita pena de não escrever histórias para criança, mas ao menos ficaram sabendo como a história seria e poderão contá-la de outra maneira, com palavras mais simples do que as minhas e talvez mais tarde venham a saber escrever histórias para as crianças. Quem sabe se um dia virei a ler outra vez esta história, escrita por ti que o lês, mas muito mais bonita."

O vídeo a seguir é baseado no conto e foi adaptado e dirigido por Juan Pablo Etcheverry, em 2006.


"E se as histórias para crianças passassem a ser de leitura obrigatória para adultos? Seriam eles capazes de aprender realmente o que há tanto tempo têm andado a ensinar?" 
José Saramago

3 comentários:

  1. Amiga

    Eu particularmente amo as histórias infantis, me permitem sonhar, viver num mundo da lua, em um mundo feliz e tranquilo. Também invejo a criatividade dos escritores de historias infantis.
    Bjo

    Ly

    ResponderExcluir
  2. Ai Margo. Que história linda. Eu adoro esses desenhos simples e que nos dizem tanto. A inocencia da criança, a beleza da natureza. Lembrei do passarinho que quer apagar o incendio com a agua do bico. Lindo

    ResponderExcluir
  3. Gosto de histórias que encantam sem tratar as crianças como tolas.

    Saramago sempre será tudo de bom!

    Beijo, beijo.

    ℓυηα

    ResponderExcluir