Páginas

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Irmão Sol, Irmã Lua


O genial cineasta italiano Federico Fellini, gostava de dizer que “o cinema é um modo divino de contar a vida”. E foi de um modo divinamente poético que o também italiano Franco Zeffirelli retratou a vida de Francisco de Assis no filme “Irmão Sol, Irmã Lua” (1972).

Com imensa delicadeza Zeffirelli conta a fascinante história desse jovem cavaleiro que ao chegar da guerra, doente e deprimido, decidiu abdicar de todo luxo e excesso que sua família podia lhe oferecer, para comungar com o que havia de mais simples ao seu redor e também para apoiar aqueles que eram subjugados pelos poderosos de sua época.

O irmão Sol, como ficou conhecido, tinha uma relação de amor e respeito por todos os animais. Sua experiência com a natureza não era tão somente de preservação ambiental, era na verdade a vivência de quem tinha plena consciência de que tudo, inclusive nós, fazemos parte de um todo.  Seu amor pela natureza era incondicional.


 A Francisco, além de diversos seguidores, quem também estendeu a mão à sua causa foi a doce e abnegada Clara – a irmã Lua. Juntos, ambos realizaram grandes obras de caridade que trouxeram sentido para a vida dos necessitados e, principalmente, para suas próprias vidas, “dia após dia, pedra sobre pedra”.

Esse filme, que contém cenas líricas e arrebatadoras, merece ser visto pelos que têm admiração pelo Francisco de Assis, homem virtuoso e idealista, mas que também tinha suas fraquezas. Merece ser visto pelos que o consideram Santo. E merece ser visto, pelos que apreciam um bom filme realizado com arte e sutilezas.

Paz e Bem!

3 comentários:

  1. É bem famoso esse filme, né? Mas ainda não ví.
    Sou fã do Francisco de Assis e preciso ver esse filme!

    Bj

    ResponderExcluir
  2. Margo... depois quero ver esse filme. Deve ser lindo. Só a cena que vc escolheu, já me emocionou. Lindo. Assim como foi a vida desse santo.

    Abs

    ResponderExcluir
  3. Margot,
    Eu já vi esse filme, há muito tempo atrás. E nunca mais esqueci. Foi ótima a lembrança. Vou assistir novamente. Bjsssssssss

    ResponderExcluir