Páginas

terça-feira, 16 de agosto de 2011

"Meia-Noite em Paris" e meus devaneios...


Há quem diga que os filmes de Woody Allen são sempre mais do mesmo, e se assim for eu vou continuar gostando na mesma.

Meia-Noite em Paris (2011) é mais um dos seus filmes que aborda conflitos entre casais, dúvidas, situações cômicas e patéticas, corações partidos, personagens desvairados, uma boa dose de ironia e alguma melancolia.

Não é a primeira vez que W. Allen traz as artes e a literatura para suas histórias – essa é outra das suas fórmulas infalíveis. Porém, neste filme há um encantamento especial, pois tudo acontece na Cidade Luz – na mítica Paris.

E não foi somente isso que fez meus olhos brilharem. O delicioso foi mergulhar junto com Gil, o protagonista, numa viagem no tempo até os agitados anos 20 do século XX e conviver com escritores, pintores e músicos que marcaram uma geração e que até hoje nos influenciam com suas artes.


Acompanhei o périplo de Gil também traçando meu próprio roteiro lítero-cultural e boêmio: como seria fantástico se eu pudesse puxar a alavanca do tempo e regressar aos anos 50 e, pelas alamedas do Rio de Janeiro (outra cidade mítica), encontrar meus ídolos Carlos Drummond de Andrade, João Guimarães Rosa, Clarice Lispector, Tom Jobim, etc e com eles trocar um dedinho de prosa. 

Os devaneios de Gil também são os meus e acredito que também são de todos os apaixonados pela literatura e pelas artes.

E você, para que época voltaria?

11 comentários:

  1. Esse eu ainda não assisti. Um amigo que não ia com a cara do Woody foi ao cinema sozinho em um sábado de tédio e arriscou : saiu encantado!

    Rs

    * Pra que época eu voltaria? Acho que gostaria de ter vivido a adolescência nos anos 50.

    Um beijo, querida.

    ResponderExcluir
  2. Ahhh... se eu pudesse escolher, com certeza eu seria uma hippie dos 70, cheia de paz, amor e psicodelia. Deve ter sido uma época incrível.
    Bjus, Margot!

    ResponderExcluir
  3. Voltaria pra Inglaterra na década de 60 pra ser uma louca daquelas que gritam bem muito pelos Beatles!

    ResponderExcluir
  4. Um lindo filme e eu nem voltaria...apenas viveria num lugar com mar à minha frente...beijos,chica

    ResponderExcluir
  5. Olá Margot
    Ainda não vi, mas os comentários são os melhores possíveis. Valeu a dica.
    Bjux

    ResponderExcluir
  6. Cristiane Vieira17/08/2011 10:55

    O filme é lindo mesmo! E ainda tive o prazer de dividir a companhia de Margô no cinema ao assiti-lo.
    Se eu fosse voltar no tempo, acho que gostaria de ir lá no fim dos anos 50 pro início dos 60 na Inglaterra.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Margot!!O filme é lindo!! Como sempre, Woody Allen se mostra inteligente e sensível!!Adoro filmes ambientados na França! Como disse Hermingway "Paris é uma Festa".Felizmente, já tive a oportunidade de conferir-é uma festa de belezas naturais- com parques, jardins e bosques maravilhosos, de civilização,com seus museus, teatros...,de arquitetura antiga toda ela preservada...Costumo dizer "brincando" :já posso morrer, pois vi Paris!! rsrsr.Bjs.Quanto a época que gostaria de ter vivido? Tantas!! rsrs Período Medieval, vivendo em um bosque cheio de brumas, (...) no Romantismo-indo ao teatro de caleche (...) no Arcadismo-fazendo "pic-nic" ao ar livre ,rodeada de bosques,fontes e ...rsrsrs. Em qualquer lugar da história da humanidade ter sido uma grande mulher !!Desculpe os devaneios de uma leonina!rsrsrs.Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Oi Margot, acho que gostaria de voltar aos anos 50. Eu adoro aqueles vestidos rodados, Elvis, meias soquetes, vitrolas, etc!!!
    Mas seria bom se eu voltasse consciente de que sou desta época atual, assim acho que daria mais valor ao que viria por lá.
    Louco isso né?
    Igual ao W.A.!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. MARGOT,
    MEU SONHO DE CONSUMO UMA MAQUINA QUE ME LEVASSE A TEMPOS ATRÁS ..NOSSA JÁ OUVI DIZER QUE A N.A.S.A TEM UM PROJETO E EU QUERO SER COBAIA ..NOSSA EU ME TRANSPORTARIA PARA 1979 MINHA JUVENTUDE ..COMEÇO DA PRÉ ADOLESCENCIA ..E FARIA MUITA COISA DIFERENTE ...MUITA ...AH E TEM UMA COISA ..QUEBRARIA A ALAVANCA ASSIM QUE DESEMBARCASSE POR LA ,MAS GOSTARIA DE UM DETALHE ..LEMBRAR DE TUDO DESSA EPOCA AQUI..PRA NÃO CAIR NA BESTEIRA DE FAZER AS COISAS QUE NÃO DEVERIA TER FEITO DE NOVO SRSRRS
    BEIJOS

    SAUDADES,VOU VER O FILME ACHO QUE VOU AMAR.


    OTILIA

    ResponderExcluir
  10. Luna, eu queria os anos 50, mas já adulta! =)

    *
    Aline, anos de 70 no Brasil foi um pouco conturbado, mas deve ter tido seu lado bom, claro. =)
    Bjos!

    *
    Magnólia, até sonhávamos com isso, lembra? rsrs

    *
    Chica, você ainda está com o gostinho das férias, não é? Ah, uma praia é sempre bem-vinda! =)

    *
    Wanderley, o filme é ótimo. Não perca!

    ResponderExcluir
  11. Cristiane, foi ótimo ver o filme em sua companhia. Aliás, adoro sua companhia em todos os programas culturais.
    Bjos!

    *
    Diana, pois vamos devanear, eu adoro isso. =)
    Bjos!

    *
    Flávia, eu queria anos 50 no Rio de Janeiro, em Copacabana. =)

    *
    Otilia, quebrar a alavanca foi ótimo. Nossa, se eu regressasse e gostasse, acho que também quebraria.

    ResponderExcluir