Páginas

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

A falta que uma gatinha faz


Faz mais de 15 dias que minha gata, Ritinha, foi embora para o Céu dos gatinhos. Na primeira semana eu chorei copiosamente, agora chorar já não faz sentido, no entanto ainda sinto muita falta da minha florzinha.

Em seu "Seco estudo sobre cavalos", Clarice Lispector diz que 'o cavalo é nu', concordo com a assertiva, mas acrescento que todos os animais são nus e desprovidos de máscaras. Os animais são como são e é por isso que nos conquistam e a eles nos entregamos sem reservas. E os gatos? Além de serem nus, são livres, despojados, e é essa liberdade que os tornam tão queridos. 

Minha Ritinha deixou saudades. Aquela guria feia não levou a sério o dito que gato tem sete vidas. Inúmeros gatinhos foram meus donos (sim, eles são nossos donos), mas a Ritinha teve um lugarzinho especial no meu coração.

*
Curiosamente, Matilde, a outra gata, que era insuportavelmente arisca (quase uma jaguatirica) agora está mansinha e afetuosa. É, os cats são ciumentos.
E para não dizer que não falei em Kiko, ele continua zen e caminhando para seus 20 aninhos. Kiko tem muito mais de 7 vidas.

PS: Ritinha morreu de infarto, eu não sabia que gatos podem sofrer do coração. =/

19 comentários:

  1. Tão triste. Mas o bom mesmo é saber e viver esse amor dos animais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ly, acho você sentiu meu drama, né? Mas é isso mesmo, o lado bom é que sentir amor pelos bichinhos!

      Excluir
  2. Fazem realmente muita falta pois são companheiros desinteressados. fiéis a amigos,.não é? Pena!! Que bom que a Matilde está mais perto nessa hora...beijos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Matilde está mais perto, mas continua arisca. É uma gata é muito difícil. :)

      Excluir
  3. Cristiane Vieira15/08/2012 10:28

    Aaaahhhh sim. Sabia que vc iria externizar sua tristeza através de um texto lindo aqui no blog. Tava só esperando. Lindo, Margô. Vc conseguiu expressar o que todo e qualquer amante de animal sente ao perder um filhinho. Parabéns
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crist, não escrevi antes porque certamente sairia um texto muito dramático. :)

      Excluir
  4. Olá, Margot!!...tristeza!!!

    Eu, como,adoradora de gatos como você,fico muito triste com sua perda!A Ritinha era uma princesa fofa!! Há dois anos, perdi Bob, meu gato Siamês de 13 anos!!Vivi dias de luto, assim como você!!Já perdi outros gatos e sei que estão todos em sinfonia de miaus lá no Céu dos Gatos, mas não queremos isso, não estamos preparados para a efermeridade da vida!!Esquecer...difícil, lembro deles sempre e as fotos deles estão presentes pela casa!!Curta sua saudade, é saudável! Bjs, Dy.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diana, você tocou numa palavra importante: luto. Sim, quem perde um bichinho de estimação também passa por um processo de Luto. Obviamente que a dor é mais branda, mas o sentimento é o mesmo.

      Excluir
  5. Sinto muito, Margot! Sei como você deve estar se sentindo porque já perdi dezenas de gatos. A Ritinha era linda demais, tinha um jeito delicadinho. O importante é saber que todos os nossos gatos foram amados e felizes enquanto estiveram conosco. Quando puder, mostre os outros gatos também, tá? Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carla, ela era um florzinha. A gatinha mais meiga que já tive. Certo, depois preparo um post sobre meus outros filhos. :)

      Excluir
  6. Vivo dizendo que não quero mais ter filhotinho porque sofro muito quando eles se vão, mas o amor pelos animais fala sempre mais alto e lembrar dos dias compartilhados sempre fazem todo sofrimento valer a pena.

    Confesso que até hoje choro quando lembro dos filhotes que já perdi, principalmente do Eduardo. Uma coisa que me emocionou muito foi ver meu pai, que não é de demonstrar sentimentos, se desmanchando em lágrimas como uma criança quando ele se foi. Pronto, já comecei a chorar outra vez.

    Tenho certeza que a Ritinha está muito feliz, onde quer que ela esteja, por ter sido tão bem cuidada e por ter tido você como 'mãe'. :)

    Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sou assim,ainda recordo dos gatinhos que passaram por cá. Revejo as fotos e sinto saudades.
      Ah, também cheguei a ver meu pai muito triste por causa de um gatinho. E ele nem era de demonstrar sentimentos.

      Teu comentário me fez chorar. =´)

      Excluir
  7. Obrigada a todas pelo carinho!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. beijo nesses gatinhos minha querida. e outro pra você - cheio de abraços carinhosos. se cuide.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, querida Felicidade! :)

      Excluir
  9. Eu sei demais a falta que esses bichinhos nos fazem.. uma vez perdi um cachorrinho e parecia q eu tinha levado uma facada no coração.. =(
    Mas agora sua gatinha tá no paraíso, pode ter certeza!
    E pra vc, ficam os bons momentos e as boas lembranças.
    Bjus!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline, também acho que ela está no Céu dos gatinhos. :)

      Excluir
  10. Faz agora um ano em mês que morreu a minha Micas... uma cadela de quase 18 anos!
    Uma companheira fantástica!
    Sei o que sentes...
    Um xi bem apertado e um beijinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho um gato com quase 20 anos. Ele faz parte da família e nem sei como será no dia que ele desaparecer. =/

      Excluir