Páginas

domingo, 9 de setembro de 2012

Domingo, Silêncio e Solidão


"Fiquei sozinha um domingo inteiro. Não telefonei para ninguém e ninguém me telefonou. Estava totalmente só. Fiquei sentada num sofá com o pensamento livre. Mas no decorrer desse dia até a hora de dormir tive umas três vezes um súbito reconhecimento de mim mesma e do mundo que me assombrou e me fez mergulhar em profundezas obscuras de onde saí para uma luz de ouro. Era o encontro do eu com o eu. A solidão é um luxo."

Clarice Lispector
in, Um sopro de vida (Pulsações)

Pintura: Woman on a sofa - Kess van Dongen

4 comentários:

  1. Estar de frente com nosso eu é preciso e o silêncio ajuda...Lindo!beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Querida... basta ouvirmos a palavra 'solidão' para nos dar calafrios. Não sei porque, mas por mais que saibamos que a solidão é necessária para que tenhamos esse encontro de nós mesmas, ela nos arrepia. Sentimentos antagônicos não?

    Um beijo e bom domingo!!!!!! :)

    ResponderExcluir
  3. Oi, Margot! A solidão voluntária é mesmo um luxo. Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Por vezes sabe lindamente!!

    Beijinhos, Margot

    ResponderExcluir