Páginas

domingo, 31 de março de 2013

Escrever

"(...) Uma coisa eu já adivinhava: era preciso tentar escrever sempre, não esperar por um momento melhor porque este simplesmente não vinha. Escrever sempre me foi difícil, embora tivesse partido do que se chama vocação. Vocação é diferente de talento. Pode-se ter vocação e não ter talento, isto é, pode-se ser chamado e não saber como ir."

Clarice Lispector -
'Aprendendo a Viver'

7 comentários:

  1. Cristiane Vieira02/04/2013 16:46

    Nunca tinha pensado nisso: talento X vocação. Qual será meu talento? qual será minha vocação? Fiquei encucada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crist, tem certeza que não sabe?
      :)

      Excluir
  2. Também gostei da comparação entre essas palavras e quero pensar muito nisso. De uma coisa, eu sei: ler & escrever é minha paixão.
    Seu blog é ótimo, Margot!
    Acho que já falei isso, né? Vale repetir...

    ResponderExcluir
  3. Pensando nisso... acho que se pode ter talento sem vocação, mas não deve ser possível ter vocação sem talento. Quando se ouve o chamado e não se sabe o caminho, pode-se seguir pela voz, pela luz, pelo cheiro, por todos os sentidos. Se ameaçar entrar num beco perigoso ou dobrar uma esquina incorreta, a vocação diz "para", "volta"... acho que é por aí.
    Você é linda!!! Clarice também é!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Regina, essa história de vocação, para mim é um tormento, mas acho que também para a maioria, não é?

      Muito obrigada por teus comentários e visitas!

      =*

      Excluir
  4. psiu,
    passei pra marcar minha presença "em escrita e osso", rs.

    ... quebrar um pouco as visitas silenciosas :P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. És sempre bem-vinda, em silêncio ou em palavras!

      =*

      Excluir