Páginas

sábado, 13 de abril de 2013

Eu queria fazer parte das árvores...


Eu queria fazer parte das árvores como os
pássaros fazem.
Eu queria fazer parte do orvalho como as
pedras fazem.
Eu só não queria significar
Porque significar limita a imaginação.
E com pouca imaginação eu não poderia
fazer parte de uma árvore
Como os pássaros fazem.
Então a razão me falou: o homem não
pode fazer parte do orvalho como as pedras 
fazem.
Porque o homem não se transfigura senão
pelas palavras.
E isso era mesmo.

Manoel de Barros - 
'Menino do Mato' (2010)

2 comentários: